quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Poesia da vírgula

Não consegui encontrar o autor do texto abaixo, mas que uma vírgula pode estender a mão ou dar um murro é verdade.


Poesia da vírgula

A vírgula pode ser uma pausa ... ou não.
Não, espere.
Não espere

Ela pode sumir com seu dinheiro
23,4
2,34

Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

E vilões.
Esse, juiz, é corrupto
Esse juiz é corrupto.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

Uma vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.



Mais um exemplo em que a vírgula tem importância fundamental.


SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

- Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.
- Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM.

Postado por João José Saraiva da Fonseca em 14 de agosto de 2008 e alterado em 22 de fevereiro de 2009

Nenhum comentário: