segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Heutagogia

Fredric Litto utlizou o conceito de heutagogia que de acordo com ele se refere à autodescoberta: "O aluno mesmo decide o quer estudar”, explicou.

De acordo com o presidente da ABED o aluno no ensino a distância " quer é bom conteúdo, bem organizado e com interatividade”.

Litto também traçou o perfil de um estudante a distância. Segundo ele, “a EAD não é para qualquer um. O aluno que depende de cobrança ou elogios só serve para o presencial. Para utilizar a EAD é preciso ser motivado e autodisciplinado”.

Quanto ao trabalho do tutor o presidente da Abed argumentou que não é preciso ter títulos acadêmicos para assumir essa função. “Cada instituição deve ser autônoma para formar o seu tutor, pois não existe um padrão”.


Mas o que é mesmo a Heutagogia?

Pela informação que recolhi, o termo heutagia foi criado em 2000 por Hase e Kenyon. Heutagia é definida como o estudo da aprendizagem autodeterminada, propõe mais do que aprender sozinho. Traz a ideia de flexibilidade e respeito ao modo como cada um aprende. De acordo com a heutagogia, o aluno é o único responsável pela aprendizagem, não havendo a figura do professor. Este modelo pode ser adotado na EaD e especialmente na Educação On-line Colaborativa(EOL).


A propósito da temática encontrei a obra: Heutagogia - Aprenda a aprender mais e melhor de Zezina Soares Bellan e publicado pela Editora Socep.



Fonte: Reportagem do Jornal Folha Dirigida publicada em 21 de dezembro de 2009

Postado em 21 de dezembro de 2009 por Joao Jose Saraiva da Fonseca

Nenhum comentário: