terça-feira, 7 de outubro de 2008

Portal do Software Público Brasileiro

O Portal do Software Público Brasileiro, compartilha soluções desenvolvidas nos governos federal, estadual e municipal e também em universidades que podem ser úteis aos mais diferentes órgãos públicos e também à sociedade.

A iniciativa é um trabalho conjunto da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento e a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep).

Uma das vantagens pelo Portal, é o aumento da eficiência e a redução de custos com a produção de soluções já existentes no mercado.

Qualquer pessoa poderá ter acesso ao código-fonte dos softwares disponibilizados, mediante cadastramento no portal.

As soluções a serem disponibilizadas no portal serão pela SLTI, responsável pelo gerenciamento do portal, já que terão de atender a alguns requisitos que as caracterizem como públicas.

As soluções terão de atender as seguintes exigências:

O produto - tratar o software como um produto acabado chegando para sociedade com documentação completa de instalação e preparado para funcionar, como qualquer software de prateleira.

Os serviços associados - organização de um conjunto de serviços básicos, tais como: página na internet, fórum e lista de discussão para desenvolvimento, suporte e projetos, ferramenta de controle de versão e a documentação existente do sistema.

A prestação de serviços - formulação de um procedimento simplificado na relação do governo com o cidadão que acessa o serviço, onde o cidadão conheça as informações da comunidade, como pode resolver as questões relacionadas ao software e os responsáveis por cada serviço, com a disponibilização, por parte do governo, de uma equipe de atendimento para comunidade.

A gestão da colaboração - incentivo à colaboração entre os diversos usuários e desenvolvedores da ferramenta, sejam eles pessoa física ou jurídica, de qualquer setor da economia. A necessidade de estruturar instrumentos de gestão e controle mais rigorosos, como a periodicidade de lançamento de novas versões. E a formatação de parâmetros de controle de qualidade no desenvolvimento da ferramenta.

A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento produziu um vídeo institucional com objetivo de contar àsociedade a experiência do Portal do Software Público Brasileiro.


Postado por João José Saraiva da Fonseca em 07 de outubro de 2008

Nenhum comentário: