quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Reflexão sobre a qualidade da EAD no Brasil

José Manuel Moran, renomeado pensandor no âmbito das novas tecnologias na educação, fez algumas afirmações sobre a qualidade dos projetos de EAD no Brasil. Infelizmente sou obrigado a concordar com todas elas. Vejamos algumas das afirmações de Moran:

“A educação a distância (EAD) avançou muito no Brasil, mas de forma desordenada. Estamos muito distantes de trabalhar com a qualidade necessária e com avaliações adequadas”

“Avançamos, mas com defeitos. Temos de mudar o modelo de gestão e fazer com que a iniciativa privada atenda seus alunos de forma séria”

“Os aspectos pedagógicos são engolidos pela visão econômica”

“Eu sou a favor da Universidade Pública a Distância, mas o modelo de gestão implantado no Brasil é absolutamente caótico”.

“Não há uma cultura de integração entre as universidades"

“Não temos EAD no Brasil, mas semipresencial. Na graduação, se não tiver o polo local, o projeto não passa pelo MEC”.

“A Universidade é uma só e deve ter políticas integradas[entre o ensino presencial e a distância”

Fonte: Portal Aprendiz


Postado por Joao Jose Saraiva da Fonseca em 12 de novembro de 2009

Nenhum comentário: