domingo, 22 de fevereiro de 2009

A formação docente enquanto postura coletiva da escola e da comunidade

A educação para conseguir atingir os objetivos que a sociedade lhe impõe, deve ter em consideração os beneficiários da escola. A falta de formação para o exercício da docência é um dos problemas que a escola enfrenta. Ultrapassar essa situação envolve um esforço individual, coletivo e cooperativo da escola e da comunidade na procura da mudança. O projeto de escola deve contemplar a visão da escola no futuro enquadrada nas suas potencialidades e dificuldades. O papel da formação docente deve estar ali claramente definido, de modo a que a escola tenha uma ampla visão das competências que vão ser necessárias ao seu corpo docente para que ela consiga atingir os objetivos traçados. A constante formação docente será um modo não só de o professor adquirir competências. Será também uma forma aumentar a sua auto-estima e de aumentar o seu reconhecimento perante a comunidade, inserida no processo e que reconhece o esforço da escola em atender às sua exigências de formação dos seus filhos para a vida profissional e social.



Elaborado por João José Saraiva da Fonseca

Postado por João José Saraiva da Fonseca em 23 de fevereiro de 2009

Nenhum comentário: