terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

O DISCURSO IDEOLÓGICO NO MÉTODO REFLETS-BRÉSIL

Ola amigos

disponibilizo a minha tese de doutorado em educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - Centro de Ciências Sociais Aplicadas - Programa de Pós-Graduação em Educação - Linha de Pesquisa: Educação, Linguagens e Formação do Leitor, tendo por orientador o Prof. Dr. Marcos Antônio de Carvalho Lopes.

Clique no documento para aumentar o tamanho.

Resumo:

O presente trabalho teve por objetivo identificar, descrever e compreender o
discurso ideológico do Método Reflets-Brésil. O estudo subsidiou-se, por um
lado, na análise das recomendações brasileiras e européias sobre o ensino
de língua estrangeira, bem como a reflexão sobre o material didático e
ensino de língua estrangeira proposta, respectivamente, por Alain Choppin e
Christian Puren e, por outro lado, encontrou suporte orientador na proposta
teórica de John B. Thompson no que diz respeito aos conceitos de cultura e
ideologia. A pesquisa, de natureza qualitativa, foi fundamentada nas idéias
de Norman Fairclough para a análise crítica do discurso e organizou-se em
torno do pressuposto de que o Método Reflets-Brésil, como produto da
indústria livreira européia e, ao mesmo tempo, adaptado para o público
brasileiro, veicula um discurso ideológico, apesar das recomendações
normativas brasileiras no âmbito da educação e da elaboração de livro
didático. Do estudo, pode-se concluir pela veracidade do pressuposto,
sendo que o Método Reflets-Brésil não só pode ser entendido como um
veículo ideológico, como também não faculta, na sua proposta de ensino
de língua estrangeira, espaço para uma reflexão que possa conduzir e
contribuir para uma reconstrução crítica desse discurso e/ou das práticas
relacionadas com ensino do francês como língua estrangeira.





Postado em 24 de Fevereiro de 2009 por João José Saraiva da Fonseca

Nenhum comentário: