sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Chegou mais uma ilusão...

Na sociedade atual a inovação é essencial. Tudo se torna antiquado em um ápice. Ainda não comprei uma TV de LCD (já olhei mas não caí na tentação) e já surge a TV a Laser. Como somos levados nesse rodopio, nessa feira de ilusões que nos leva o dinheiro permanentemente em troca da ilusão de ter o último modelo. Questiono. Para quem tem uma TV normal de 29 cm, será que vai notar uma diferença tão significativa para ir a correr comprar uma TV LCD por 3000 reais? Os ingleses têm a expressão "A curiosidade mata o gato" é eu penso que na atualidade "a ilusão do novo mata nosso orçamento".


"TV a Laser"



A Mitsubishi lança no mercado uma nova tecnologia em aparelhos de televisão: trata-se da "TV a Laser". Como o nome sugere, o aparelho usa raios laser coloridos (vermelho, verde e azul, as três cores primárias) para iluminar a tela, em vez da tradicional iluminação com luz branca usada em TVs de LCD ou sistemas de retroprojeção. O resultado são cores muito mais intensas, uma taxa de contraste (a relação entre o ponto mais claro e o mais escuro que a tela consegue exibir) muito maior e imagens muito mais vivas e nítidas.


Os primeiros modelos terão telas de 65 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), o máximo em alta-definição. A linha, batizada de LaserVue, será inicialmente voltada ao mercado high-end, com preço ainda não divulgado. A tecnologia da TV a Laser não é nova: ela foi criada em 1996 e as primeiras demonstrações públicas em eventos como a CES (a maior feira de eletrônicos dos EUA) começaram há dois anos. Entretanto, só agora foi possível reduzir o tamanho e consumo de energia dos componentes, bem como o custo, ao ponto de tornar possível a fabricação em massa. O primeiro protótipo de TV a laser da fabricante japonesa foi apresentado em 2006, durante um evento na Austrália.

Além da qualidade de imagem excepcional, as TVs a Laser tem outras vantagens, entre elas consumir um quarto da energia das TV's LCD, ter uma vida útil estimada em 50.000 horas de uso contínuo e produzir uma imagem sempre com as mesmas características (como brilho) durante toda a vida útil: telas de plasma, por exemplo, perdem parte do brilho com o passar dos anos. Os primeiros modelos da Mitsubishi também poderão exibir imagens tridimensionais, com o uso de óculos especiais e filmes e jogos produzidos especialmente neste formato.


Fonte: tecnologia.ig.com.br (adaptada)


Conheça mais sobre a tecnologia da Laser TV assistindo ao vídeo abaixo.






TV a laser da Mitsubishi chega ao mercado por US$ 7 mil


São Paulo, 9 de setembro de 2008 – A Mitsubishi divulgou o preço da LaserVue, sua televisão a laser com tela de 65 polegadas. O equipamento vai custar US$ 6.999 no mercado americano, onde começa a ser distribuído no fim deste mês. Em outubro, a TV deve chegar a outros países, mas a fabricante não divulgou os nomes. A Mitsubishi está preparando também uma versão de 73 polegadas, mas ainda não se sabe quanto vai custar ou quando será lançada.

Fonte: News UOL

Postado por João José Saraiva da Fonseca em 12 de setembro de 2008

Nenhum comentário: