segunda-feira, 18 de maio de 2009

RÁDIO ESCOLAR - uma proposta para a implantacao

O prof. Carlos Alberto Mendes de Lima - Coordenador do Programa Nas Ondas do Rádio da Secretaria Municipal de Educação, sugere uma estratégia para a instalaçao de uma Rádio Escolar.

Para o prof. a automatização da Rádio Escolar e a criação de ponto de Mídia, ou seja, local para audição dos programas de rádio na escola pode ser uma solução para garantir o projeto rádio escolar na escola.

Porque um Ponto de Mídia na escola?

Os programas das Rádios Escolares são transmistidos no horário de intervalo (hora do lanche). Durante este periodo os meninos correm , comem, conversam. A mistura 3 C torna a audição dos programas de rádio um desafio para os comunicadores jovens. Por isso, tenho apresentado como solução de pauta uma estrutura de conteudo composta por 70% do tempo com conteudo musical o entretivo e 30 % do tempo para informações e prestação de serviço, ou seja :

ABERTURA DO PROGRAMA 0:20'
MUSICA
INFORMAÇÃO 1:00'
MUSICA
PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 0:45'
MUSICA
FINALIZAÇÃO DO PROGRAMA 0:20'

Como quem escuta rádio está fazendo outra coisa, a partir do modelo acima de lauda , instruo os alunos para caprichar na construção dos textos de locução , orientando para que sejam objetivos. Como Rádio Escolar é som ambiente tenho o cuidado de manter o nível de volume sobretudo das musicas em volume ameno para não criar problemas com barulho na escola e a voz potência máxima de som para que todos tenham acesso as informações.

Bem, o pátio escolar nem sempre ajuda em termo de acustica e por isso fica mais um barulho do que propiamente um programa de Rádio.

A sugestão para o Ponto de Mídia é possibilitar que quem deseja ouvir a Rádio possa ouvi-la. A escola define um ponto , mesmo no pátio , para audição dos programas e quem quiser escutar é só se dirigir para este local.

O Ponto de Mídia possibilita também , liberdade na produção dos programas e até segmentação de ouvintes por interesse. A Lauda apresentada acima como sugestão pode ser adaptada , ou seja, o tempo discussão sobre os temas apresentados nos programas podem ser ampliados. Abri espaço para liberdade de criação e expressão. Já imagino a falta de reclamação quanto ao conteudo musical e qualidade dos programas que muitos insistem em taxar.

O Ponto de Midia também traz vantagens em termos de instalação e infra-estrutura de transmissão. Uma ou duas caixas acusticas podem sonorizar um pequeno espaço para audição dos programas que podem colocadas de forma fixa ou móvel. Esta opção pode ser ampliada em vários pontos da escola a medida que a audiência for aumentando, porém , é preciso tomar o cuidado para que os espaços de audição não atrapalhe o desenvolvimento das atividades das escolas.

Para garantir qualidade de som nestes Pontos a caixa acustica deverá estar a uma altura de 2,80 e se possível com inclinação de 70 ° (opcional).Uma caixa amplificada pode ser também uma excelente solução para o Ponto de Mídia. Ligando um cabo P10 - P2 estabeleceremos uma conexão do equipamento de som ao computador que podem estar ligada a uma mesa de som e amplificador.

Mostraremos nos próximos post algumas possibilidde de montagem de um PONTO MÍDIA para Rádio Escolar.

Na Escola Carlos Pasquale definimos um ponto dentro do pátio para audição dos programas de rádio. A galera do Ensino Fundamental noturno, que esta afim de escutar a programação, vai para o POINT , ou melhor, PONTO de transmissão e curte a programação no periodo noturno . Estamos pensando em fazer o mesmo com as crianças de 1ª a 4ª série para diminuir a correria no pátio e no EJA para trabalhar quadros informativos e programação musical.

Em nossa Rede de Ensino é quase impossível que a escola não tenha no mínimo uma caixa amplificada e computador , mesmo ja´usado , para desenvolver o Projeto Rádio Escolar. Cabe a escola definir se quer ou não desenvolver.

Fonte: Intervenção de Carlos Alberto Mendes de Lima no Grupo Vivência Pedagógica

Postado em 18 de maio de 2009 por João José Saraiva da Fonseca

Nenhum comentário: